16 bolsistas da APTA são premiados em congresso de iniciação científica

Premiacao Congresso DSC 0458

O 11º Congresso Interinstitucional de Iniciação Científica (Ciic 2017) premiou 16 bolsistas do Instituto Agronômico (IAC-APTA), Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL-APTA), Instituto de Zootecnia (IZ-APTA) e das unidades regionais da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA Regional), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo. Realizado de 2 a 4 de agosto de 2017, na Sede do IAC, em Campinas, o evento foi coordenado pela APTA Regional e reuniu 170 bolsistas de iniciação científica de quatro instituições de pesquisa ligadas à Agência e três unidades da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Ao todo, foram apresentados 41 trabalhos de forma oral e 123 pôsteres.

            O objetivo do evento foi que os bolsistas de iniciação científica apresentassem os resultados desenvolvidos no Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic) e Programa Institucional de Bolsa de Inovação Tecnológica (Pibiti), do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

            Para Flavio Dutra Resende, pesquisador da APTA Regional e integrante da comissão cientifica do Ciic, o evento foi importante tanto para os alunos que pretendem seguir carreira acadêmica, quanto para aqueles que vão seguir outra área. “Eles tiveram que fazer uma apresentação e foram avaliados, isso é um crescimento. Esse contato que os alunos têm durante um ano com seus orientadores e outros pesquisadores faz com que eles comecem a ter uma base de referência de pessoas que estão atuando no mercado, o que pode ser um facilitador para que eles consigam o primeiro emprego ou uma oportunidade para ingressar na pós-graduação”, afirma. Segundo Resende, a presença dos alunos também “oxigena” as instituições.

            A estudante de Ciências de Alimentos da Universidade de São Paulo (USP - Pirassununga) e bolsista do ITAL, Camila Augusto Carazzato foi uma das premiadas pelo trabalho “Micropartículas contendo ômega-3 (óleo de peixe): estudo de estabilidade e aplicação”. “Acabei me apaixonando pela pesquisa neste período em que desenvolvi o projeto. O Congresso foi muito bom para entendermos quão importante é a pesquisa que estamos fazendo e como tem gente interessada em ouvir a aprender sobre isso. A premiação é um bônus de incentivo. Uma sensação tão boa que a gente quer fazer mais, continuar pesquisando”, afirmou. 

            Rebeca Garcia Lemes, estudante da Zootecnia no Centro Universitário da Fundação Educacional de Barretos (Unifeb) e bolsista da APTA Regional, premiada pela pesquisa “Avaliação de ganho de peso em carcaça de bovinos de corte terminados em confinamento em diferentes modulares de consumo”, também gostou de participar do Congresso e do período em que desenvolveu seu trabalho no Polo Regional de Colina da APTA. “Pretendo seguir carreira acadêmica. Espero voltar ano que vem para apresentar mais um trabalho no Congresso”, disse.

Abertura

Durante a cerimônia de abertura, os diretores e representantes da direção das instituições participantes do 11º Ciic lembraram sobre a importância da iniciação científica, como início da carreira acadêmica. Para Orlando Melo de Castro, coordenador da APTA, a iniciação cientifica e a participação no evento faz com que os alunos comecem a ter uma avaliação de seus trabalhos e façam uma auto avaliação sobre seguir ou não a carreira acadêmica. 

“Para fazer ciência é necessário paixão. Na verdade, isso é fundamental em todas as profissões, mas no caso da carreira científica é necessário ainda mais, para que mesmo quando uma hipótese não se confirme, nós possamos recomeçar o trabalho e ajustar os erros para alcançar os resultados e as soluções”, afirmou.

Castro também lembrou sobre a necessidade de formação de pesquisadores para atuar na ciência agropecuária. “O agronegócio é a vocação do nosso País. Temos o desafio de aumentar a produtividade para conseguirmos produzir alimentos para uma população crescente, tudo isso de forma harmônica com o meio ambiente. O salto na produção de alimentos se dará na produtividade”, disse. Segundo ele, a pesquisa pode ser comparada a uma corrida de revezamento, em que é necessário que os pesquisadores passem o bastão para os outros - daí a necessidade da capacitação de recursos humanos. 

Segundo o secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Arnaldo Jardim, o evento reforça o compromisso dos institutos de pesquisa ligados à Agência e do Governo do Estado na formação de recursos humanos. “Temos cursos de pós-graduação em cinco institutos de pesquisa ligados à APTA, com qualidade reconhecida pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes)”, disse. 

Conheça todos os bolsistas da APTA premiados

IAC

Juliana Tessari Corali – “Caracterização fenotípica de acessos de pimenta Capsicum chinense Jacq”, orientado por Flaviana Maluf Souza.

Raphael Licerri – “Níveis de mulching e glifosato par supressão de plantas daninhas em citros”, orientado por Fernando Alves de Azevedo.

Rayane de Souza – “Uso de plantas modelo como ferramenta no estudo da função de genes associados à resistência a Xylella fastidiosa”, orientado por Alessandra Alves de Souza.

Lavinia Isabel Pereira de Farias – “Reações de variedades de oliveira (Olea europaea) à infecção por Xylellla fastidiosa”, orientado por Helvecio Della Coletta Filho.

Natália de Souza Lélis – “Classificação fotogenética das espécies cultivadas, parentes nativos, e espécies ameaçadas e sua representatividade no herbário do IAC”, orientado por Luís Carlos Bernacci.

Guilherme Francio Niederauer – “Caracterização dos constituintes químicos: aromas de vinhos produzidos na região Sul do Brasil”, orientado por Marcia Ortiz Mayo Marques.

ITAL

Camila Augusto Carazzato – “Micropartículas contendo ômega-3 (óleo de peixe): estudo de estabilidade e aplicação”, orientado por Izabel Dutra Alvim.

Bruna Leticia Mora Carneiro – “Avaliação da Técnica Lamp (Loop – Mediated Isothermal Amplification of DNA) pra detecção da Salmonella em alimentos”, orientado por Beatriz Thie Iamanaka.

Sophia Moysés Lamônica Ribeiro – “Influência da embalagem na estabilidade de leite em pó adicionado de ômega 3 microencapsulado”, orientado por Fiorella Balardin Hellmeister Dantas.

Danillo Silva Soares – “Influência dos ingredientes alimentícios na migração de alumínio da embalagem ao produto – Parte 1: Eletrólitos”, orientado por Beatriz Curtio Soares.

Bruna Faviero – “Adequação de um equipamento piloto multifuncional de micro-ondas na geração de plasma para aplicação em processamento de alimentos”, orientado por Michele Nehemy Berteli.

Camila Miuki Miyazaki – “Estudo da presença de hidrocarbonetos policíclicos aromáticos em manteiga”, orientado por Silvia Amelia Verdiani Tfouni.

IZ

Flávia Cristina Bis – “Relação entre eficiência alimentar, consumo de água e desempenho em bovinos da raça Senepol”, orientado por Roberta Carrilho Canesin.

Samantha Helen Paulino – “Composição morfológica e área foliar das ramificações das leguminosas amendoim forrageiro, macrotiloma e soja perene sob corte”, orientado por Flavia Maria de Andrade Gimenes.

APTA Regional

Rebeca Garcia Lemes – “Avaliação de ganho de peso em carcaça de bovinos de corte terminados em confinamento com diferentes moduladores de consumo”, orientado por Flavio Dutra de Resende.

Márcio Lourenço da Silva – “Palha de Urochloa decumbens associada a manejos do nitrogênio no cultivo da cebolinha”, orientado por Andréia Cristina Silva Hirata.

Por Fernanda Domiciano

Assessoria de Imprensa – APTA

(19) 2137-8933