UPD DE MARÍLIA/APTA REGIONAL INTENSIFICA PESQUISA NA ÁREA DE FRUTICULTURA

Projetos regionais voltados para a área de fruticultura foram implantados em 2011, na Unidade de Pesquisa de Marília do Polo Centro Oeste/ APTA Regional, vinculado à Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, com o objetivo de atender à demanda por informações das cadeias de produção. Destacam-se trabalhos como os de avaliação do pegamento de cultivares de amoreira; análise energética e econômica do agrossistema do maracujá; sistema intensivo de utilização da amoreira como forrageira em áreas de agricultura familiar; e avaliação da produção de frutos da amoreira.

Os resultados das pesquisas foram publicados na forma de artigos científicos em revistas especializadas (Revista Brasileira de Fruticultura/RBF, Revista Pesquisa Agropecuária Tropical/PAT, Ciência Rural/UFSM, Revista Pesquisa & Tecnologia/APTA, Revista Infobibos e Revista Rural Pecuária) e apresentados em eventos da área, como por exemplo Congresso da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural (SOBER), Simpósio Internacional de Fruticultura (SINFRUIT) e Simpósio Brasileiro Pós-Colheita de Frutas, Hortaliças e Flores (SBPC).

No primeiro semestre de 2012, serão ainda instalados campos experimentais destinados à avaliação de variedades de banana (Musa sp) e publicados dois boletins técnicos sobre as culturas da melancia e da amora.

A UPD Marília conta com quatro pesquisadoras (duas agrônomas, uma zootecnista e uma veterinária). Mais informações podem ser obtidas no site da APTA Regional ou na UPD de Marília, pelo telefone (14) 3433-0027.

 mudas amoreira

variedade banana

viveiro maracuja

 

Notícias por Ano