SOJA: BRASIL SERÁ O MAIOR PRODUTOR DE SOJA

27/06/2005

O Brasil tem condições de duplicar a produção de soja e de milho safrinha em 10 anos, segundo estimativa da Agroconsult. Com isso, o país será o maior produtor mundial de soja. A crescente demanda global por carnes aumentará o consumo de farelo dos produtos, provocando aumento nas safras americana, argentina e brasileira. "O crescimento da demanda por carnes provocará a necessidade de mais 60 milhões de toneladas de soja", diz André Pessôa, analista da Agroconsult.

Na última colheita, o país obteve 50,6 milhões de toneladas de soja. Pela estimativa da Agroconsult, serão 99 milhões de toneladas na safra 2015/2016. A consultoria prevê também que naquele ano o milho passe de 7,5 milhões de toneladas para 16,5 milhões de toneladas. Na avaliação do analista André Pessôa, o Brasil aumentaria sua safra para atender aos mercados que seus concorrentes não conseguissem, por falta de área para expandir o cultivo.

Durante o Congresso Brasileiro de Agribusiness, Pessôa disse que as perspectivas para a próxima década são de que o crescimento do consumo mundial de carnes seja maior nos países em desenvolvimento, com média de cerca de 2% no período. Pessôa prevê também que, devido a fatores climáticos, os Estados Unidos tenham perdas nas próximas duas safras devido à seca. Apesar disso, em 2015/16 o país estará produzindo 85,8 milhões de toneladas. Nesse período, a Argentina atingirá a marca de 53 milhões de toneladas. O especialista acredita que haverá aumento na área cultivada no Brasil, principalmente nas fronteiras agrícolas do Centro-Oeste, Sul do Pará e Bahia. Em 10 anos, ele prevê que serão incorporados 7,1 milhões de hectares.

Neila Baldi

Agropauta 

Notícias por Ano

Notícias por Polos