SECRETÁRIO ADJUNTO INAUGURA LABORATÓRIO DE SANIDADE APÍCOLA

 

O secretário adjunto de Agricultura e Abastecimento, Antonio Júlio Junqueira de Queiroz, e o prefeito de Pindamonhangaba, João Ribeiro, inauguraram, no dia 25, o Laboratório de Sanidade Apícola do Polo Regional Vale do Paraíba (DDD/APTA). Presentes na ocasião o coordenador da APTA, Orlando Melo de Castro; o presidente da APACAME (Associação Paulista de Apicultores Criadores de Abelhas Melíficas Europeias), Constantino Zara; Ricardo Lorenzini Bastos, representando o diretor do DDD, Alceu de Arruda Veiga Filho; apicultores, representantes de exportadores de mel e do poder público municipal, técnicos da CATI, pesquisadores e funcionários da APTA.

A pesquisadora Érica Weinstein Teixeira falou do papel do laboratório na realização de diagnósticos e pesquisas e no combate a doenças das abelhas que ameaçam (e mesmo afetam) as produções apícola e agrícola e a exportação de mel. Para ela, diversos fatores, inclusive práticas agrícolas, podem estar deixando as abelhas vulneráveis a organismos causadores de doenças.

Além disso, defendeu que o Brasil precisa criar cultura de valorizar as abelhas como polinizadores pelos seus benefícios à produção de grãos. Disse que a polinização é responsável pelo aumento da produtividade agrícola. Nos Estados Unidos, por exemplo, a contribuição das abelhas para a agricultura é estimada em 14,6 bilhões de dólares.

Constantino Zara, que representou a Confederação Brasileira de Apicultura, disse que o momento é crucial, pois o mundo está temeroso da ameaça de doenças que paira sobre as abelhas. Por isso, considerou que o laboratório – o único fora das universidades – é um “porto seguro” para os apicultores brasileiros. “Espero que o governo tenha sensibilidade para manter o laboratório operando normalmente e prestando serviços aos produtores.”

O coordenador da APTA, Orlando Melo de Castro, disse que esta é uma das 113 obras do governo estadual nas instituições de pesquisa e que espera fechar o ano com investimentos orçamentários da ordem de R$ 41 milhões. Disse estar convicto de que o novo governador Geraldo Alckmin vai prosseguir com os investimentos em laboratórios e recursos humanos.

O prefeito João Ribeiro reforçou o pedido de continuidade dos investimentos no Polo Vale do Ribeira e, em especial no centro de apicultura, que já é referência nacional no setor.

O secretário adjunto Antonio Junqueira garantiu que os investimentos no laboratório são prioridade para 2011 e disse considerar que o apoio à apicultura é essencial devido à sua importância para a agricultura.

A diretora do Polo Vale do Paraiba, Sandra Maria Pereira da Silva, apresentou um resumo das principais atividades da unidade regional, vinculada ao Departamento de Descentralização do Desenvolvimento (DDD-APTA).

Notícias por Ano