PRODUTORES PODERÃO ADOTAR NO MÉDIO PRAZO POLICULTIVO DE TILÁPIAS EM TANQUE-REDE E CAMARÕES LIVRES


A perspectiva de adoção por parte dos produtores do policultivo entre tilápias e camarões – machos de tilápias confinados em tanques-rede de 1 m3 de volume e camarões da Malásia (Macrobachium rosenbergii) livres no cativeiro – deve ocorrer a médio e longo prazos. Experimentos - destinados a determinar a melhor densidade de povoamento de tilápias em tanques-rede no sistema de policultivo em viveiro com camarões livres – foram conduzidos no setor de Aquicultura do Polo Vale do Paraíba/APTA Regional, com sede em Pindamonhangaba, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento.
Segundo os autores do trabalho, a tecnologia deve, em primeiro lugar, ser adotada por aqueles que possuem viveiros desativados ou subaproveitados nas suas propriedades e que podem obter boa lucratividade com o policultivo. “Porém, devido à boa viabilidade econômica, esse sistema de policultivo poderá ser uma boa alternativa para os produtores de peixes em viveiros escavados, já que apresenta maior rentabilidade econômica em relação ao monocultivo.”
Os pesquisadores citam um produtor rural de Tremembé, no Vale do Paraíba, que implantou este sistema de produção experimental em sua propriedade, em 2011 e 2012, e obteve bons resultados.   “Existe ainda a possibilidade de o aquicultor confeccionar seus próprios tanques-rede, utilizando materiais disponíveis na propriedade, para diminuir os investimentos e, desta forma, tornar o empreendimento ainda mais rentável”.
O trabalho foi desenvolvido pelos pesquisadores Cleide Schmidt Romeiro Mainardes Pinto e Adriana Sacioto Marcantonio (Polo Vale do Paraiba/APTA Regional); Marcello Villar Boock e Helcio Luis de Almeida Marques (Polo Centro Leste/APTA Regional); Patricia de Paiva, Helenice Pereira de Barros, Margarete Mallasen, Cacilda Thais Janson Mercante e Clóvis Ferreira do Carmos (Instituto de Pesca-APTA).
Produção de juvenis de tilápia
Técnicas de produção de juvenis de tilápias, bem como resultados e experiências bem-sucedidas, serão apresentadas em ciclo de palestras, dia 14 de setembro, em Votuporanga (SP). O encontro é organizado pelo Polo Noroeste Paulista/APTA Regional, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, e tem patrocínio de várias empresas e apoio da Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI).
Os palestrantes vão abordar temas como reversão sexual de tilápias sem hormônio, produção de juvenis de tilápia em viveiros escavados e em bolsões no tanque-rede e logística/transporte.


 








Assessoria de Comunicação da APTA
 José Venâncio de Resende
 (11) 5067-0424
 
 
 

Notícias por Ano

Notícias por Polos