PÓLO NOROESTE PAULISTA RECEBE TROPEIROS QUE REFAZEM CAMINHOS DA ESTRADA “BOIADEIRA”

 

O Pólo Noroeste Paulista/APTA, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento,  recebeu no dia 20 de março a Comitiva “Fé e Tradição”, que na ocasião passou pelo município de Votuporanga, refazendo os antigos caminhos da Estrada “Boiadeira”. Também participaram da recepção a Secretaria da Educação, Cultura e Turismo do município e a Superintendência de Água e Esgoto - SAEV Ambiental.

 

 A Comitiva é formada por oito tropeiros, com idade entre 50 e 82 anos, das cidades de Novo Horizonte e de Votuporanga. Os integrantes percorrem pela segunda vez a “Estrada Boiadeira do Taboado”, partindo do marco zero da antiga estrada que fica às margens do Rio Paraná no município de Rubinéia. Os tropeiros passam pelos municípios de Santa Fé do Sul, Três Fronteiras, Santana da Ponte Pensa, Dirce Reis, Pontalinda, São Francisco, São João das Duas Pontes, Valentim Gentil, Votuporanga, Cosmorama, Tanabi, Engenheiro Balduíno, Bálsamo, Mirassol, Jaci e Nova Aliança, finalizando o percurso na cidade de Novo Horizonte. São 385 quilômetros que deverão ser percorridos em 14 dias.

 

Os nobres muladeiros fazem o trajeto original, passando por cidades, vilarejos, capelinhas e “currutelas” ao longo da velha vereda do sertão. A Estrada de Rodagem Porto do Taboado, popularmente conhecida como Estrada Boiadeira, teve seu projeto iniciado em 1892 e sua picada chegou a Votuporanga e outras cidades do interior paulista pelo eixo da Rodovia Euclides da Cunha por volta de 1900 e 1915, possibilitando a demarcação de novas vilas e cidades. A comitiva “Fé e Tradição” utiliza-se de tropa de burros e mulas e possui acessórios e indumentária típica e característica, muito semelhante ao que se usava no passado pelas comitivas de gado.

 

A comitiva chegou ao Pólo Noroeste Paulista por volta do meio dia, onde foi recepcionada com almoço, tendo no cardápio arroz carreteiro, mandioca, feijão, salada verde e a tradicional costela no tacho. Cerca de 69 pessoas prestigiaram a passagem da cavalgada “Revivendo a Boiadeira” por Votuporanga. O encontro ainda contou com música sertaneja raiz da dupla Darci e Dorival, do Centro de Folclore e Cultura do município. O evento mostrou que a região tem grande apreço pelas antigas comitivas que percorriam a Estrada Boiadeira do Taboado. Crianças, jovens e idosos ficaram admirados com as vestimentas e os acessórios típicos dos integrantes, que já planejam a terceira passagem pela estrada em 2011.

 

O sertanejo Gilmar Fiorin, líder do grupo, afirmou que em 2011 a comitiva certamente irá percorrer a estrada novamente. “Aqui as pessoas ficam felizes em nos receber. Em cada lugar que paramos é uma festa. Nós temos como objetivo homenagear os antigos tropeiros que durante muitos anos conduziram tropas pelo estradão”, explica ao agradecer a forma como o grupo foi bem acolhido no ano passado e neste ano.

 

 

 

 

Notícias por Ano

Notícias por Polos