NATAL: CURSO ENSINA PRODUTORES A ELABORAR ENFEITES ARTESANAIS COM BUCHA VEGETAL

O aproveitamento de resíduos agroflorestais vem sendo desenvolvido, pelo segundo ano consecutivo, na Unidade de Pesquisa e Desenvolvimento (UPD) de Marília/Pólo Centro Oeste Paulista/APTA Regional, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento. Os resultados são bastante positivos e animadores, segundo a pesquisadora Fumiko Okamoto.

A mais recente atividade foi o curso, nos dias 25 e 26 de outubro, sobre “Bucha vegetal para artesanato: temas natalinos”, que contou com a presença de produtoras rurais que elaboraram enfeites como, por exemplo, árvores, anjos e arranjos para o natal. A ideia é dar continuidade, no início de 2012, à programação de capacitação, com cursos de artesanato que utiliza resíduos de cana-de-açúcar (bagaço), pó e maravalha de madeira, sementes, cascas e folhas. As ações buscam oferecer alternativas de renda para propriedades rurais que utilizam a mão de obra familiar.

A UPD-Marilia/APTA Regional/SAA faz pesquisas nas áreas de fitotecnia, zootecnia, nutrição de plantas, fruticultura e estudos da viabilidade e custo de produção de projetos agropecuários. Para isso, conta com uma equipe de quatro pesquisadoras científicas, um engenheiro agrônomo e três funcionários de apoio à pesquisa.

Existem disponíveis na unidade resultados de trabalhos desenvolvidos em campos experimentais localizados em áreas de pesquisa e/ou instalados em propriedades rurais modelos. Estas pesquisas buscam, principalmente, o avanço tecnológico de interesse dos produtores de Marília e da região.

Destacam-se a aplicação de lodo de esgoto compostado; análise energética e econômica do agrossistema do maracujá; avaliação de variedades de banana (Musa sp) e manejo fitossanitário de Sigatoka Amarela (Mycosphaerella musicola.) e da Sigatoka Negra (Mycosphaerella fijiensis); avaliação regional de variedades de café (Coffea arabica L.); monitoramento agrometeorológico das principais regiões cafeeiras do Estado; sistema intensivo de utilização da amoreira como forrageira em áreas de agricultura familiar; avaliação do pegamento de cultivares de amoreira; avaliação da produção de frutos da amoreira; sustentabilidade na produção de oleaginosas como inclusão social; utilização de cálcio e silício na aclimatação de mudas de fruteiras; avaliação de genótipos de carqueja para fins de extração de óleos essenciais; avaliação de genótipos superiores de seringueira para a região Centro Oeste do Estado.

 

A UPD-Marília fica na Rua Andrade Neves, no 81, Bairro Cascata. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (14) 3433-0027 ou pelo site www.aptaregional.sp.gov.br


Fotos do curso sobre o aproveitamento da bucha vegetal - APTA/UPD Marília

natal artesanato_1

natal artesanato_2

Notícias por Ano

Notícias por Polos