MANUAL DE OSLO TEM NOVA EDIÇÃO

03/01/2007

Agência FAPESP - A Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) lançou nova edição em português do Manual de Oslo, uma das principais fontes bibliográficas mundiais no campo da inovação tecnológica, produzida pela Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Trata-se de publicação com o objetivo de orientar e padronizar conceitos, metodologias e construção de estatísticas e indicadores de pesquisa de pesquisa e desenvolvimento de países industrializados.

Seu antecessor, o Manual Frascati, editado em 1962, originou a série de publicações da OCDE que ficou conhecida como Família Frascati. Cada conferência de seus países membros para a atualização de dados toma o nome da cidade em que se realiza.

A primeira edição do Manual de Oslo data de 1990. Segundo a Finep, a nova edição agrega as atualizações apresentadas na terceira edição, de 2005.

“Em que pese o fato de se ter como fonte padrões de países desenvolvidos, o Manual de Oslo é bastante abrangente e flexível quanto a suas definições e metodologias de inovação tecnológica e, por isso mesmo, tem sido uma das principais referências para as atividades de inovação na indústria brasileira, que quer ser cada vez mais competitiva”, disse Odilon Marcuzzo do Canto, presidente da Finep.

A grande maioria dos 30 países membros da OCDE é da Europa. Os únicos países americanos participantes são Canadá, Estados Unidos e México.

O Manual de Oslo - Diretrizes para coleta e interpretação de dados sobre inovação pode ser baixado gratuitamente no site da Finep, em www.finep.gov.br

Fonte: Agência Fapesp

Notícias por Ano