IEA: Preços agrícolas caem 2,09%

26/07/2005
Os preços agrícolas fecharam a terceira quadrissemana de julho com queda de 2,09%, 0,60 ponto percentual menos em relação a quadrissemana anterior, segundo pesquisa do IEA (Instituto de Economia Agrícola) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo.

De acordo com relatório apresentado nesta segunda-feira, o IPR (índice de preços recebidos pelos produtores) manteve a tendência de baixa em função da redução nos preços dos produtos vegetais e principalmente dos produtos do segmento animal, pressionados pelo baixo nível de consumo e da valorização do Real.

Segundo pesquisadores do IEA, a redução nos preços dos produtos do segmento vegetal (-1,22%), acompanhada pela forte queda de preços dos produtos de origem animal (-3,65%), ocasionaram a redução no índice geral de preços.

Dos 19 produtos pesquisados pelo instituto, cinco apresentaram crescimento nos preços (algodão, feijão, laranja, tomate e suíno), enquanto onze tiveram reduções (arroz, banana, batata, café, milho, soja, trigo, boi, leite e ovos).

Entre as altas, destaque para o tomate, que subiu 25,50% nesta terceira quadrissemana. Dos produtos que apresentaram redução nos preços, destaque para a batata, que caiu 40%.

O relatório completo sobre o desempenho dos preços agrícolas na terceira quadrissemana de julho está disponível no www.iea.sp.gov.br.

Agro Portal

 


Notícias por Ano

Notícias por Polos