HISTÓRIA DA CIÊNCIA EM EVIDÊNCIA

11/12/2006

Por Fábio de Castro

Agência FAPESP – Foi lançada nesta quarta-feira (6/12) a primeira revista eletrônica especializada em história da ciência no Brasil. Editada por integrantes do Centro Simão Mathias de Estudos em História da Ciência da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), a revista Circumscribere (International Journal for the History of Science) tem abrangência internacional e está hospedada na Incubadora Virtual de Conteúdos Digitais da FAPESP.

Segundo os editores executivos Fumikazu Saito e Silvia Waisse Priven, doutorandos em História da Ciência na PUC-SP, a revista tem avaliação por pares e reúne consultores de universidades brasileiras, da Argentina, México e de Portugal.

“O interesse por história da ciência tem crescido no país e a produção de artigos de qualidade aumentou de maneira exponencial, mas as revistas voltadas para o tema são poucas em todo o mundo e não há nenhuma editada exclusivamente no suporte eletrônico”, disse Silvia à Agência FAPESP.

A publicação tem acesso livre e o objetivo de divulgar pesquisas originais e específicas da área tanto no Brasil como no exterior. “A primeira edição traz principalmente artigos de participantes do nosso grupo. A partir da próxima, divulgaremos artigos científicos, resumos de teses, estudos e traduções de documentos de especialistas internacionais”, disse Silvia.

Além de especialistas estrangeiros, a equipe de consultores inclui pesquisadores em história da ciência da Universidade Estadual de Campinas, da Universidade de São Paulo e da Universidade Federal de São Carlos.

“A iniciativa complementa a Biblioteca Virtual do Setor de Documentação Multimídia que criamos em 1999", declarou Silvia. A coleção de 22 mil títulos reúne obras originais e manuscritos significativos na história da ciência. “Trata-se de uma importantes fonte de dados para pesquisa, enquanto a revista oferece o espaço para sua publicação”, afirmou.

Segundo Silvia, a história da ciência procura fechar o “abismo” criado pela modernidade entre as culturas científica e humanística. “É preciso que todos estejam diretamente vinculados a estudos em história da ciência, pois trata-se de uma área de interface, com necessidade de alta especialização”, disse.

Para a editora da Circumscribere, a especificidade da história da ciência foi um dos motivos para a opção pela versão na internet. “A singularidade do tema pedia que não limitássemos o tamanho dos artigos, o que não seria possível numa edição impressa. Além disso, a maior parte das pesquisas na área é hoje feita pela internet”, disse.

A primeira edição aborda temas como “Os saberes femininos em imagens e práticas destilatórias”, “História das ciências e literatura: possibilidades de uma interface”, “Os princípios ou bases materiais na primeira hermética em língua árabe: um estudo de caso utilizando o Livro do Tesouro de Alexandre e “The program ethnomathematics and the challenges of globalization”.

Circumscribere: http://circumscribere.incubadora.fapesp.br

Fonte: Agência FAPESP

Notícias por Ano