FLORES: JORNADA NACIONAL DE ATUALIZAÇÃO SOBRE O CULTIVO DE ANTÚRIO

06/10/2005

A floricultura nas últimas décadas consolidou-se como importante setor de investimento para produção de produtos para exportação aos mercados do primeiro mundo, como também apresentou características compatíveis com o perfil do desenvolvimento da agricultura familiar, e o antúrio esteve intrinsecamente envolvido nesse processo.

O antúrio, nos dias de hoje, tornou-se importante flor tropical no segmento do mercado nacional e mundial. A exemplo do Vale do Ribeira, no Estado de São Paulo, o Brasil possui várias regiões com condições ecológicas perfeitas para o desenvolvimento dessa cultura, com destaque também para a região Nordeste.

As pesquisas desenvolvidas pela APTA, através do Pólo Regional do Vale do Ribeira e do Instituto Agronômico IAC, têm permitido um significativo avanço tecnológico com o lançamento de variedades selecionadas de antúrio e a produção de mudas em laboratório. Também outras instituições de pesquisa, a exemplo da Feagri-Unicamp, Embrapa-Fortaleza, Universidade Federal do Paraná e Universidade Federal Rural de Pernambuco, lançaram-se também na pesquisa com o antúrio.

É chegado o momento de congregar os pesquisadores com experiência na cultura do antúrio para uma troca de experiências e ao mesmo tempo difundir o conhecimento adquirido diretamente aos agricultores e demais técnicos da área. O local eleito é o Vale do Vale do Ribeira, que tradicionalmente sedia encontros sobre flores tropicais no Estado de São Paulo e está inserido em importante zona de produção de produtos florícolas tropicais.

Serviço
Data: 19 e 20 de outubro/2005
Local: Auditório KKKK - Rua Miguel Aby Azar, 135 - Registro/SP
Mais informações: Pólo Regional do Vale do Ribeira - (13) 3856-1656
polovaledoribeira@aptaregional.sp.gov.br

Texto produzido pelo Instituto Agronômico - IAC

Notícias por Ano