DIA DE CAMPO APRESENTA TECNOLOGIAS DE INTEGRAÇÃO LAVOURA-PECUÁRIA

05/05/2009

O fomento ao sistema de semeadura direta, com ênfase na integração lavoura-pecuária por meio da cultura do milho consorciada com a braquiária (forrageira utilizada na alimentação animal na entressafra e como palhada na safra de verão), é um dos objetivos do “Dia de Campo sobre integração agricultura-pecuária no Oeste do Estado de São Paulo” que acontece no sábado, dia 9 de maio, em Andradina (SP). O encontro será realizado pelo Pólo Regional do Extremo Oeste/APTA, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, em parceria com a Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI), Fundação Agrisus e as empresas Agroceres, Agromen, Dow AgroSciences, Pioneer e Semeali.

O evento, coordenado pelo pesquisador Gustavo Pavan Mateus, é destinado a produtores rurais, técnicos, pesquisadores e estudantes. Na primeira parte do evento, será apresentado o projeto “Integração Agricultura-Pecuária no Oeste do Estado de São Paulo : produção de grãos, recuperação de pastagem e ganho de peso animal”. Logo depois, serão apresentadas novas tecnologias por parte das empresas parceiras do dia de campo.

O sistema plantio direto tem sido o principal caminho adotado pelos produtores rurais para atender a exigências internacionais, em busca de uma produção socialmente justa e ecologicamente sustentável, justifica Gustavo Mateus. “E o sistema integração agricultura-pecuária é uma das opções para aumentar a competitividade do setor, promovendo inovações tecnológicas na pecuária, aumentando a produtividade e proporcionando a recuperação de solos degradados.”


Grãos e carne bovina

O projeto com produção integrada de grãos e carne bovina na renovação de pastagens degradadas, utilizando o sistema de plantio direto, é desenvolvido por pesquisadores integrantes do Grupo de Pesquisa Plantio Direto (SPDireto) da APTA no Pólo Regional Extremo Oeste (Andradina). Consta de quatro módulos de produção (área de 15 hectares cada módulo): pastagem extensiva (pecuária tradicional da região); reforma de pastagem com introdução de forrageira mais produtiva (pecuária intensiva); reforma de pastagem e introdução do sistema integração agricultura pecuária com cultivo de milho (safra) consorciado com braquiária (safrinha); e cultura da soja (safra) e sorgo (entressafra).

Nesses campos, serão avaliados: produtividade de grãos, produção de forragem, ganho de peso animal, atributos do solo (físico, químico e biológico), custos e receitas. Este dia de campo faz parte da estratégia de apresentação aos produtores das informações obtidas e das atividades realizadas, fruto da comparação dos sistemas de manejo, explica o pesquisador Gustavo Mateus. O objetivo é demonstrar as vantagens tecnológicas e econômicas do sistema integrado e também seus efeitos na recuperação da degradação do solo.

Além de Mateus, participam do projeto o assistente agropecuário Jorge Luiz Hipólito, da CATI (Araçatuba); a pesquisadora Isabella Clerici De Maria, do Centro de Solos e Recursos Ambientais do Instituto Agronômico (IAC/APTA); o pesquisador Roberto Molinari e a equipe do projeto “Sistemas de integração lavoura-pecuária na recria de bovinos de corte”, do Pólo Regional Centro Norte/APTA (Mirassol).

SERVIÇO:

“Dia de Campo sobre Integração Agricultura-Pecuária no Oeste do Estado de São Paulo”

Data: 9 de maio, das 8h30 às 12h30

Local: Pólo Regional do Extremo Oeste/APTA – Estrada Vicinal Nemezião de Souza Pereira, Km 6 – Andradina – SP

Informações: (18) 3722-3447 ou e-mail
gpmateus@apta.sp.gov.br

Notícias por Ano

Notícias por Polos