CRIAÇÃO DE PEIXES: INSTITUTO DE PESCA REALIZA SEU VIGÉSIMO QUARTO CURSO

30/03/2006

O Instituto de Pesca, ligado à Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, é uma das mais importantes e pioneiras instituições de pesquisa em pesca e aqüicultura no contexto brasileiro e da América Latina, constituindo-se em um centro de excelência para as cadeias de produção do pescado marinho e continental. O incremento da aqüicultura, enquanto atividade econômica sustentável para o fornecimento de peixes ornamentais e peixes destinados ao consumo e à pesca esportiva, representa um desafio que exige a presença ativa desta Instituição na produção e difusão do conhecimento para a sustentabilidade da produção.

Uma das missões do Instituto de Pesca é a transferência de tecnologia sobre a criação de peixes de água doce, objetivo do "XXIV Criando Peixe - Curso sobre Piscicultura", que reúne conhecimentos básicos e aplicados destinados a interessados em criar peixes.

O curso realizar-se-á de 5 a 8 de abril, das 19 às 22 horas, no auditório do Instituto de Pesca em São Paulo, Capital (metrô Barra Funda) e no Núcleo de Aqüicultura de Pindamonhangaba (no dia 8 de abril, sábado, das 9 às 13 horas). O valor da inscrição é R$ 170,00. Há um número mínimo de 12 vagas e máximo de 35, garantidas somente através do pagamento da taxa de inscrição.

O programa abordará: aspectos gerais da piscicultura; características climáticas, topográficas e hidrológicas adequadas; escolha do local da criação; estrutura da piscicultura e construção de viveiros; falhas mais comuns cometidas durante a implantação de projetos; preparação de viveiros para o recebimento de larvas, alevinos e peixes adultos; manutenção da qualidade da água; larvicultura e produção de alevinos; manejo alimentar; quantidade de peixes mantidos em viveiros e momento adequado da despesca; planejamento da produção; escolha da espécie adequada para a criação; sistemas de criação; aspectos econômicos da piscicultura (custos de produção, retorno do investimento e comercialização); regularização de projetos etc. A aula teórico-prática enfocará a tilapicultura, apresentando as etapas de manutenção de reprodutores, reprodução, larvicultura, reversão sexual (inclusive com a preparação de ração com hormônio), sexagem e engorda da tilápia e preparação de viveiros para povoamento, complementada com visita a um laboratório de reprodução induzida e a uma fábrica de ração.

Durante dois dias do curso, das 18 às 19 horas, haverá um plantão para resolução de dúvidas. O evento inclui ainda a apresentação de filmes sobre o Instituto de Pesca, produção de peixes carnívoros e tecnificação da piscicultura e uma visita ao "Aquário Água Branca", para identificação das principais espécies utilizadas em criações. Além disso, os participantes do evento poderão discutir particularidades de seus projetos com o coordenador, pesquisador Nilton Eduardo Torres Rojas
(
niltonrojas@pesca.sp.gov.br).

Para outras informações, os telefones são: (0xx11) 3871-7530 e 3871-7569.
Antônio Carlos Simões,
www.pesca.sp.gov.br

Notícias por Ano