APTA REGIONAL: RAÇÃO ARTESANAL PARA PEIXES PODE SER ALTERNATIVA PARA DIMINUIR CUSTOS DE PRODUÇÃO E PROMOVER O APROVEITAMENTO DE CEREAIS

02/05/2007

 

Uma ração artesanal para peixes, feita a partir de ingredientes característicos da região Sudoeste do Estado de São Paulo, como aveia, milho e soja, pode ser uma importante alternativa para os pequenos produtores que querem diminuir os custos de produção. O projeto da ração artesanal para piscicultura é desenvolvidos por pesquisadores científicos dos Pólos Regionais do Sudoeste Paulista e Noroeste Paulista, ambos vinculados à Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo.

 

No projeto, que será apresentado aos criadores durante a Agrishow 2007, os pesquisadores desenvolveram procedimentos auxiliam na diminuição de custos de produção e que poderão ser utilizados pelos piscicultores das propriedades de agricultura familiar da região.

 

“O procedimento envolve a trituração dos ingredientes e o uso de uma máquina de moer carnes para que a mistura resultante seja transformada em grãos”, conta a pesquisadora científica, Daniela Castellani.

 

Segundo a pesquisadora, foram realizados cálculos para comparar o custo da ração industrializada e da ração artesanal e os resultados mostram que, os gastos nas duas práticas seriam o mesmo. Porém, quando a piscicultura for desenvolvida em agricultura familiar ou onde o piscicultor for também produtor de cereais, os custos seriam menores já que, nestes casos, seria utilizado cereal impróprio para comercialização e mão-de-obra própria.

 

De acordo com a pesquisadora científica, a piscicultura na região sudoeste do Estado é praticada de forma secundária nas propriedades, que se dedicam ao cultivo de cereais e por isso, a ração poderia ser usada como forma de utilizar o excedente de produção que não tem condições para ser comercializado.

 

O projeto, que ainda está em fase de desenvolvimento, está sendo realizado pelas pesquisadoras cientificas Daniela Castellani e Cristina Fachini, ambas do Pólo Regional do Sudoeste Paulista. Além disso, contam com a participação e colaboração do pesquisador Eduardo Gianini Abimorad, do Pólo Regional do Noroeste Paulista.

 

 

Mais informações para a Imprensa:

Priscila Tescaro – (19) 9141-0556

Cleide Elizeu – (19) 8117-1939

comunicacao@aptaregional.sp.gov.br

www.aptaregional.sp.gov.br

 

 

 

 

Notícias por Ano

Notícias por Polos