APTA REGIONAL: PROGRAMA SERINGUEIRAS, DESENVOLVIDO PELA APTA REGIONAL E PELO IAC, É APRESENTADO NA AGRISHOW 2007

30/04/2007

 

O Programa Seringueiras, desenvolvido por diversos Pólos Regionais da Apta Regional, em parceria com o Instituto Agronômico de Campinas, vinculados à Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo será destaque no stand da Apta Regional durante a Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação, Agrishow 2007, em Ribeirão Preto.

 

Os pesquisadores do Pólo Regional Centro Norte e do Noroeste Paulista, que desenvolvem o projeto, vão demonstrar o processo de sangria da seringueira em troncos que estão dispostos no stand. Além disso, explicarão as diferenças e vantagens do uso de variedades de sementes de seringueiras e também apresentará os produtos que utilizam o látex como matéria-prima.

 

Segundo um dos pesquisadores do projeto, Antônio Lúcio de Mello Martins, o programa Seringueira, está desenvolvendo e promovendo novas pesquisas que venham a elevar a produção da borracha, por meio da criação, introdução e manejo de clones de seringueiras do Estado de São Paulo

O Estado de São Paulo é o maior produtor da matéria prima, seguido pelos estados do Mato Grosso e Bahia. A maioria da produção dos pequenos e grandes produtores é vendida principalmente para as usinas e indústrias de pneus nacionais.

O Projeto Seringueiras está sendo desenvolvido pelos Pólos Regionais do Noroeste Paulista Centro Norte, Centro Leste, Vale do Ribeira, Centro Oeste, Alta Mogiana, Alta Paulista, Nordeste Paulista, Vale do Paraíba em parceria com pesquisadores do Instituto Agronômico de Campinas (IAC).

 

 

Apta Regional

A Apta Regional, é um instituto de pesquisa vinculado à Secretaria da Agricultura do Estado de São Paulo com sede na cidade de Campinas. O instituto é composto por 15 Pólos Regionais de Desenvolvimento Tecnológico de Agronegócio, com a participação de 211 pesquisadores científicos que desenvolvem pesquisas em diversas áreas do agronegócio.

 

Os Pólos são formados por 34 unidades de pesquisas localizadas em diversas regiões do Estado de São Paulo. A distribuição destas unidades de pesquisas em diferentes regiões do estado, oferece à Apta Regional e aos pesquisadores que compõe o instituto, a oportunidade de criar ou adaptar tecnologias que promovam o desenvolvimento dos agronegócios, de acordo com as diferenças e condições econômicas, sociais, climáticas e as potencialidades particulares de cada região do Estado.

 

  

Mais informação para a Imprensa:

Priscila Tescaro – (19) 9141-0556

Cleide Elizeu – (19) 8117-1939

comunicação@aptaregional.sp.gov.br

www.aptaregional.sp.gov.br

Notícias por Ano