APTA REGIONAL: PÓLO REGIONAL DO EXTREMO OESTE REALIZA SEU 5º CURSO DE BRUCELOSE, TUBERCULOSE E EET

28/04/2006

No período de 08 a 12 de maio será realizado no Pólo Regional do Extremo Oeste, em Andradina, o 5º Curso de Treinamento de Brucelose, Tuberculose e Encefalites Espongiformes Transmissíveis (EET).O objetivo do curso é padronizar as técnicas de controle e erradicação dessas doenças, através de capacitação e padronização de condutas do médico veterinário, baseadas em padrões de organizações internacionais. Além do tratamento dessas doenças, o curso também promove o treinamento dos profissionais no reconhecimento e coleta de material adequado para o diagnóstico das EETs entre as quais está  incluída  a enfermidade conhecida como a “Doença da Vaca Louca”.

 

 

Devido a uma exigência do Programa Nacional de Controle e Erradicação de Brucelose e Tuberculose Animal (PNCEBT), os médicos veterinários precisam fazer o curso para se habilitar e exercer ações de controle dessas enfermidades. O PNCEBT foi instituído em 2001 pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) com o objetivo de diminuir o impacto negativo dessas zoonoses na saúde comunitária e de promover a competitividade da pecuária nacional.

Para executar as atividades de diagnóstico a campo e participar do programa de certificação de propriedades livres ou monitoradas o MAPA só habilita médicos veterinários que tenham sido aprovados em curso de treinamento em métodos de diagnóstico e controle de brucelose e tuberculose, previamente reconhecido por esse ministério. Esses cursos são ministrados em instituições de ensino ou pesquisa de todo o país com o objetivo de atualizar os conhecimentos dos profissionais que vão atuar no Programa e, sobretudo, de padronizar as ações sanitárias.

 

Doenças

A brucelose, causada por Brucella abortus, e a tuberculose, provocada por Mycobacterium bovis, são enfermidades infecto-contagiosas que acometem principalmente bovinos e bubalinos. São consideradas zoonoses podendo ser transmitidas ao homem. Ocorrem em todo o país, principalmente nas áreas que concentram maior número de animais, provocando queda da produtividade, redução da produção de carne e leite, além de comprometer a comercialização de animais e produtos.

 

A encefalopatia espongiforme bovina – EEB, conhecida como “doença da vaca louca”, faz parte de um grupo de doenças neurodegenerativas que afetam pessoas e animais, e podem ser transmitidas ao ser humano.



Serviço:

“5º Curso de Treinamento de Brucelose, Tuberculose e EET”

De 08 a 12 de maio – segunda à sexta-feira – 8 horas

Pólo Regional do Extremo Oeste

Tel:(18) 3722-3447

Estrada Vicinal Nemezião de Souza Ferreira, KM 6 – Andradina.

poloextremooeste@aptaregional.sp.gov.br

 

 

Texto produzido pela Assessoria de Comunicação

comunicacao@aptaregional.sp.gov.br

Notícias por Ano

Notícias por Polos