APTA REGIONAL: PESQUISADORA DO PÓLO REGIONAL DO LESTE PAULISTA INICIARÁ PESQUISAS NA NOVA GRANJA EXPERIMENTAL

10/10/2006

O Pólo Regional do Leste Paulista, em Monte Alegre do Sul, órgão da Secretaria de Agricultura do Estado de São Paulo, conseguiu, através de doações de empresas privadas, montar uma granja experimental que será utilizada para criação de galinhas poedeiras no desenvolvimento de pesquisas científicas sobre o tema. A granja tem capacidade para mil aves e vai beneficiar principalmente os pequenos produtores da região com a interação entre as propriedades rurais e os pesquisadores.

 

Pesquisas serão desenvolvidas na área de nutrição e bem estar animal, principalmente com poedeiras descartadas da escala industrial por estarem velhas, e após a realização de uma muda forçada produzem por mais um ciclo. A tentativa será propiciar às aves um bem estar maior durante o processo de muda, e obter ovos de melhor qualidade, já que poedeiras mais velhas produzem ovos com casca de qualidade inferior.

 

Segundo a pesquisadora científica do Pólo Regional do Leste Paulista, Christine Laganá, o objetivo das pesquisas é auxiliar os produtores rurais na utilização dessas poedeiras, e com isso viabilizar a produção de ovos em pequenas propriedades.

 

Segundo dados do Instituto de Economia Agrícola (IEA), órgão da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, a produção de ovos em 2006 em todo o Estado deve ficar em torno de 875 milhões de dúzias.

 

A região do Leste Paulista possui um clima muito favorável à criação de poedeiras. “O número de pequenos produtores que iniciarão a atividade, e a produção de ovos deve aumentar nos próximos dois anos, pois essas aves, que são descartadas pela indústria, poderão ser aproveitadas para mais um ciclo de produção”, disse a pesquisadora.

 

 

Texto produzido pela Assessoria de Comunicação

comunicacao@aptaregional.sp.gov.br

Notícias por Ano