APTA REGIONAL: OVINOCULTURA É TEMA DE PROJETO DE PESQUISA NA REGIÃO EXTREMO OESTE DO ESTADO DE SÃO PAULO

31/01/2007

Os pesquisadores do Pólo Regional do Extremo Oeste, em Andradina, vinculado à Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, implantaram no local uma unidade de ovinos e estão desenvolvendo pesquisas para promover o desenvolvimento da ovinocultura na região, que está em crescimento nos últimos anos.

 

O projeto “Desenvolvimento da ovinocultura da região Oeste do Estado de São Paulo através de um sistema de produção de ovinos de corte – módulo mínimo”, coordenado pelo pesquisador científico Ricardo Lopes Dias da Costa, tem como principal objetivo, estabelecer um manejo adequado para a região, gerando conhecimento científico na área de produção ovina, e desenvolvendo sistemas de produção e tecnologia direcionadas ao pequeno, médio e grande produtor rural, de acordo com as realidades da região.

 

A área da unidade de ovinos é de 5,5 hectares, e está dividida em nove piquetes em sistema rotacionado, com capins dos gêneros Panicum maximum (cv. Aruana, cv. Tanzânia e cv. Áries) e Cynodon sp.(cv. Tifton). Os primeiros cordeiros foram doados pelo Pólo Regional da Alta Paulista, e chegaram em março de 2006, e em setembro do ano passado chegou um grupo de ovelhas, quando começaram os trabalhos com reprodução e foi colocado em funcionamento um confinamento para cordeiros.

 

Segundo o coordenador do projeto, os primeiros nascimentos estão previstos para março deste ano, aumentando os animais do rebanho, o que possibilita a realização de novos projetos de pesquisa e outras possibilidades para atender a demanda regional sobre o tema.

 

Também estão no projeto, pesquisadores científicos de diversas áreas, entre eles, Flávia M. E. de Andrade, Alexandre Berndt, João José Assumpção de Abreu Demarchi e Jailson Lara Fagundes, atuando na área de produção animal; e Gustavo Pavan Mateus e Silvio Tavares, na área de produção vegetal, atuando de maneira multidisciplinar (ovinocultura, sanidade animal, nutrição animal, reprodução animal, manejo de pastagens, conservação de forragens, integração agricultura-pecuária).

 

Mais informações sobre o projeto para o desenvolvimento da ovinocultura na região Oeste do Estado de São Paulo com o pesquisador científico Ricardo Lopes Dias da Costa, pelo email rldcosta@aptaregional.sp.gov.br

 

 

Texto produzido pela Assessoria de Comunicação

Priscila Tescaro – jornalista - (19) 3743-1698

comunicacao@aptaegional.sp.gov.br

www.aptaregional.sp.gov.br

 

Notícias por Ano

Notícias por Polos