APTA REGIONAL: LABORATÓRIO DE PLANTAS FORRAGEIRAS É REINAUGURADO NA UNIDADE DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO DE BROTAS

23/10/2006

A Unidade de Pesquisa e Desenvolvimento de Brotas pertencente ao Pólo Regional Centro Oeste, vinculado à Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, teve seu laboratório de plantas forrageiras reinaugurado recentemente. O laboratório serve de apoio às pesquisas em forragicultura e pastagens, além disso, funciona como galpão de implementos agrícolas e fertilizantes utilizados nesse setor.

 

No laboratório, são realizadas análises de matéria seca, composição morfológica, área foliar, e para isso, dentre outras melhorias, foram construídas bancadas de granito para agilizar o processamento das amostras colhidas.

 

As pesquisas em forragicultura e pastagens na UPD de Brotas contemplam estudos com manejo do pastejo, seleção de espécies forrageiras, adubação e fertilidade do solo, engorda de bovinos de corte sob pastejo e suplementação a pasto.

 

Para uso no laboratório e no campo foram adquiridos recentemente, equipamentos como balanças pesadoras, roçadeira a gasolina, analisador de dossel, medidor de área foliar e estufa de circulação forçada de ar.

 

Os pesquisadores científicos que trabalham na Unidade, acreditam que com a nova estrutura montada será possível desenvolver maior número de experimentos inseridos no que há de mais moderno no estudo de plantas forrageiras, com o objetivo de atender necessidades prementes da pecuária paulista e brasileira.

 

Projetos

Está sendo desenvolvido na Unidade, o projeto ‘Diretrizes para o manejo da desfolhação em pastagens de Brachiaria decumbens Stapf. cv. Basilisk’ (Jovens Pesquisadores FAPESP – R$ 119.513,35), estudo com a gramínea forrageira mais cultivada no Brasil Central e no Estado de São Paulo. Segundo o pesquisador Gustavo José Braga, o tema ainda é carente de informações relevantes para sua utilização pelo pecuarista, principalmente no que diz respeito a importantes parâmetros de manejo como freqüência e intensidade do pastejo tanto em sistemas de lotação rotacionado como contínuo.

 

Os projetos atualmente desenvolvidos na Unidade contam com o apoio da FAPESP (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) e da FUNDEPAG (Fundação do Desenvolvimento da Pesquisa Agropecuária) e têm como coordenadores os pesquisadores científicos da UPD de Brotas Gustavo José Braga e Vanderley Benedito de Oliveira Leite.

 

 

 

Texto produzido pela Assessoria de Comunicação

comunicacao@aptaregional.sp.gov.br

(19) 3743-1698

Notícias por Ano

Notícias por Polos