APTA REALIZA O XXV SEMINÁRIO NACIONAL DE CEBOLA.

De 17 a 19 de junho de 2013, acontecerá em São José do Rio Pardo, interior de São Paulo, o XXV Seminário Nacional de Cebola (SENACE 2013), coordenado pela Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA), por meio do Polo Regional Nordeste Paulista, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, em parceria com a Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI), e a Prefeitura Municipal de São José do Rio Pardo. Durante o evento, o pesquisador da APTA, Thiago Factor, vai fazer um panorama sobre a produção e oferta da cebola em São Paulo. Ao final do seminário, será montado um cenário sobre os aspectos técnicos e econômicos da cultura, com base no levantamento de dados do pesquisador da APTA e de outras instituições. O SENACE vai contar com pesquisadores de outros Institutos de Pesquisa da APTA, como o Instituto Agronômico (IAC-APTA), de Campinas, e Instituto de Economia Agrícola (IEA-APTA), além de engenheiros agrônomos, professores e pesquisadores de outras instituições e palestrantes internacionais. A Agência realiza pesquisas inéditas de cultivo de cebola em sistema de plantio direto na palha.
 
São várias as pesquisas da APTA relacionadas a cultura da cebola. Entre elas, estão os estudos da quantidade de nutrientes absorvidos no cultivo, melhor densidade de cultivo, diferentes doses e momentos de aplicação do adubo para a produção. Todos esses estudos são inéditos no País e focados para o cultivo em sistema de plantio direto.
 
 
 
De acordo com Factor, no sistema de plantio direto de cebola, é possível reduzir os custos de produção, por não ocorrer as operações de preparo do solo. O produtor rural consegue economizar em óleo diesel e mão de obra dos operadores de máquinas. No sistema também é possível reduzir em até 25% o uso de água em irrigação.
 
 
 
Tradicionalmente, a cebola é implantada a partir do transplante de mudas em plantio convencional ou semeadura direta em canteiros. Porém, os agricultores vêm enfrentando problemas na mão de obra para o plantio e a conservação do solo e da água. “Diante desses problemas, nos últimos anos, tem aumentado o interesse de produtores e técnicos pelo sistema de plantio direto na palha, principalmente devido às vantagens ambientais, econômicas e do menor uso de mão de obra que o sistema proporciona”, afirma o pesquisador da APTA, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo.
 
 
 
Apesar das vantagens, principalmente aos pequenos produtores, algumas dificuldades têm limitado a adoção do sistema. “Isso ocorre principalmente pela falta de máquinas adaptadas para o plantio nesse sistema de cultivo, pelo manejo diferenciado da adubação e irrigação, da densidade de plantio, pela falta de informações sobre os melhores tipos de palhada, entre outros”, explica Factor. A APTA realiza pesquisa na área há quatro anos, no Polo Regional Nordeste Paulista.
 
 
 
Aspectos econômicos
 
 
 
Durante o SENACE, o pesquisador da APTA, Thiago Factor, vai fazer um panorama da produção e oferta da cebola em São Paulo para o ano de 2013. A palestra vai acontecer em 18 de junho, às 14h30. A análise de Factor, juntamente das informações fornecidas por pesquisadores dos outros Estados produtores, vai formar o panorama da cultura no Brasil e no Mercado Comum do Sul (MERCOSUL) para o ano.
 
 
 
Segundo o pesquisador da APTA, São Paulo é a terceira região que mais produz cebola, com 20% do total, ficando atrás de Santa Catarina e Bahia/Pernambuco (Vale do São Francisco). A produção paulista se concentra na região Nordeste, Centro-Norte e Sudeste, com destaque para os municípios de São José do Rio Pardo, Monte Alto e Piedade, com aproximadamente 45%, 35% e 20% do total, respectivamente.
 
 
 
Em virtude dos bons preços de cebola pagos aos produtores em 2012, a expectativa é que haja aumento de 5% a 10 % do volume produzido. “Porém, o excesso de chuvas no início das safras nas principais regiões produtoras de cebola de São Paulo impediu o preparo do solo, atrasando o plantio nessas regiões”, explica o pesquisador da APTA. Isso pode favorecer a maior concentração da colheita e oferta de cebola em 2013, que aliado com a maior produção, poderá pressionar os preços pagos aos produtores para baixo. Nos últimos três anos, os produtores vêm recebendo de R$ 0,15 a R$ 2 reais por quilo de cebola. “Como na maioria das hortaliças, o preço pago ao produtor varia muito de ano para ano e depende de diversos fatores, especialmente o volume produzido em função de fatores climáticos e a importação da Argentina e mais recentemente da Europa”, afirma.
 
 
 
A cadeia produtiva da cebola gera mais de 200 mil empregos diretos e estima-se que mais de 60 mil produtores estejam envolvidos na exploração econômica desta atividade no Brasil. “A cebolicultura é considerada de pequena escala, 80% dos produtores são agricultores familiares. Em média, 66% dos produtores plantam menos de 20 hectares e produzem 52% da cebola nacional”, explica Factor.
 
 
 
Evento
 
 
 
O XXV Seminário Nacional de Cebola (SENACE 2013) acontece de 17 a 19 de junho de 2013, na cidade de São José do Rio Pardo, interior de São Paulo. O evento é considerado o principal da cadeia produtiva de cebola no Brasil e no MERCOSUL. O Seminário é realizado anualmente nas principais regiões produtoras de cebola do País e tem como característica marcante a presença maciça de pequenos e médios produtores, além de empresários rurais que têm na cadeia produtiva da cebola sua principal atividade econômica.
 
 
 
O objetivo do evento é discutir os principais problemas e levantar soluções frente aos desafios da produção e comercialização de cebola, além de promover o aperfeiçoamento técnico, científico e cultural de engenheiros agrônomos, técnicos agrícolas e produtores rurais, e outros profissionais ligados à atividade no País.
 
 
 
Quatro painéis serão apresentados no evento: sustentabilidade da cadeia produtiva da cebola, mercado no Brasil e MERCOSUL, inovações tecnológicas na produção de cebola e o panorama da produção e oferta dos Estados produtores do Brasil e MERCOSUL para o ano de 2013.
 
 
 
 
Serviço
 
 
 
XXV Seminário Nacional de Cebola (SENACE 2013)
 
 
 
Data: de 17 a 19 de junho de 2013
 
 
 
Horário: das 8h às 19h
 
 
 
Local: Ginásio de Esportes “Tartarugão” – Departamento de Esportes e Cultura (DEC)
 
 
 
Endereço: Av. Euclides da Cunha, 145, Cento, São José do Rio Pardo – SP.
 
 
 
Texto: Fernanda Domiciano
 
 
 
Assessoria de Imprensa – APTA
 
 
 
19 – 2137-0616/613
 
 
 
Acompanhe a Secretaria
 
 
 
 
 
 
 

Notícias por Ano

Notícias por Polos