APTA promove curso de capacitação em arborização e pastagem


O Polo Regional Vale do Paraíba, da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA) promoveu curso de capacitação em arborização e pastagem, em Pindamonhangaba, de 20 a 22 de outubro de 2014. O evento reuniu pesquisadores, técnicos, produtores e estudantes e foi realizado em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) Pecuária Sudeste.
Durante o evento, foram abordados temas relacionados aos sistemas silvipastoris, interações entre árvores, solos e floresta, além de conservação dos recursos hídricos. Os pesquisadores também ministraram palestra sobre perspectivas e oportunidades de negócios em sistemas silvipastoris; sequestro de carbono; parâmetros para implantação e manejo de sistemas silvipastoris e espécies potenciais. Foram realizados também trabalhos práticos, em grupo, para elaboração de proposta de intervenção física em uma área de pastagem convencional. O curso teve duração de 16 horas.
O objetivo foi atender à demanda da região e trazer oportunidade de difusão tecnológica aos técnicos e produtores rurais, com técnicas de conservação de solo e integração de renda em áreas de pastagens. A iniciativa vai ao encontro do Programa Integra São Paulo, lançado pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo. A APTA, em parceria com a Embrapa, está instalando uma unidade experimental de Sistema Silvipastoris. Esta unidade ficará no Setor de Zootecnia para atender o rebanho de gado de leite. A expectativa é que os primeiros resultados sejam observados um ano após instalação, em novembro de 2015.
Participaram do evento, pesquisadores da APTA, técnicos da Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (Cati), do Instituto Florestal, da Secretaria Estadual do Meio Ambiente, da Prefeitura Municipal de Pindamonhangaba, da Universidade de Taubaté (Unitau), da Dolomia Calcários e do Akaruí de São Luiz do Paraitinga.


Texto: Fernanda Domiciano
Assessoria de Imprensa – APTA

Notícias por Ano