ALTERNATIVA AO MERCADO

31/08/2006

Thiago Romero

Agência FAPESP - Encontrar uma boa alternativa ao mercado de produtos commodities no país, com base na manufatura de produtos alimentícios dentro das empresas rurais brasileiras. Essa é a proposta do livro Agronegócios: Gestão e Inovação, organizado por Luís Fernando Soares Zuin, da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC Campinas), e Timóteo Ramos Queiroz, da Universidade Estadual Paulista (Unesp), em Tupã (SP), e lançado pela Editora Saraiva.

Trata-se de uma coletânea de textos idealizada por pesquisadores de diferentes instituições de ensino que, apesar de ser destinada inicialmente ao agronegócio, pode ser útil para profissionais de áreas como administração, zootecnia, medicina veterinária e engenharia de alimentos.

“O grande desafio atual do agronegócio nacional é agregar valor ao produto commodities. Isso porque quem estipula o preço desse tipo de produto é o comprador, e não quem está vendendo”, disse Zuin, que é professor do Centro de Economia e Administração da PUC Campinas, à Agência FAPESP.

Além da PUC Campinas e Unesp, a obra conta com a participação de professores e alunos de pós-graduação de instituições como a Universidade Federal de São Carlos (UfSCar), Escola Politécnica (Poli) da Universidade de São Paulo (USP) e Faculdade Etapa.

“No mercado de commodity não há diferenciação de produtos, ou seja, os produtores seguem um padrão comum estabelecido pelo mercado. Produtos commodities sempre vão existir, principalmente nas grandes propriedades rurais”, explica Zuin. “Nesse contexto, o livro oferece novas estratégias de agregação de valor à produção, que podem ocorrer, por exemplo, por meio de algum tipo de certificação, como a de produtos orgânicos, ou por meio do processamento de alimentos dentro da própria fazenda”, conta.

Os modelos de gestão propostos no livro, segundo o professor da PUC Campinas, são voltados principalmente ao pequeno empresário rural que não tem condições de concorrer com os grandes produtores. “A idéia é fazer como que o produtor passe a seguir um conjunto de atividades e tarefas específicas, que incluem a produção, pesquisas de mercado e formulação do produto final, a fim de lançá-lo com sucesso no mercado”, explica Zuin.

Os capítulos são divididos em apresentação de conceitos e métodos de análise dos sistemas agroindustriais, que se originam nas áreas de gestão da economia e inovação tecnológica. A apresentação das informações teóricas é ilustrada com casos práticos de propriedades rurais que já obtiveram êxito.

Mais informações na Editora Saraiva pelo telefone (11) 3613-3075.

Fonte:
Agência FAPESP

Notícias por Ano

Notícias por Polos