AGRONEGÓCIO: AGRONEGÓCIO VOLTA A BATER RECORDE

07/07/2005

As exportações do agronegócio brasileiro totalizaram no primeiro semestre US$ 20,2 bilhões, recorde histórico para o período, com aumento de 10,2% sobre os primeiros seis meses de 2004 e um saldo de US$ 17,71 bilhões, informou ontem o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Apesar da queda em valor de 20,03%, o complexo soja continua liderando as vendas externas do setor, atingindo US$ 4,36 bilhões. Em segundo lugar, estão as carnes (bovina, suína, frangos e outros), com US$ 3,63 bilhões, representando um incremento de 31,56% sobre o período anterior. O açúcar e álcool ocupam a terceira posição, com embarques de US$ 2,07 bilhões e incremento de 73,2%.

Além desses produtos, outras cadeias produtivas se destacaram: madeira e suas obras, com exportações de US$ 1,91 bilhão no primeiro semestre; papel e celulose, com US$ 1,65 bilhão; e couros, peles e calçados, com embarques de US$ 1,48 bilhão. O café também teve um desempenho expressivo, com vendas externas de US$ 1,32 bilhão, um acréscimo de 64% em relação aos primeiros seis meses de 2004. "A pluralidade da pauta de exportações do nosso agronegócio contribuiu para mantermos os bons resultados da balança comercial, apesar da crise provocada pelos problemas climáticos e cambiais", disse o ministro Roberto Rodrigues.

Agropauta

Notícias por Ano