AGRICULTURA: PARCERIA ESTABELECE INVESTIMENTOS DE R$ 1,8 MI EM 5 ANOS

26/04/2005

O Convênio assinado nesta segunda-feira, dia 25, durante o lançamento da 12º Agrishow de Ribeirão Preto, estabelece um plano de trabalho que prevê investimentos de R$ 1,8 milhão em cinco anos, período de duração do acordo, por parte do Sistema Agrishow. Em contrapartida, o convênio estabelece a cessão de uso da área que pertence à Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo para a organização da feira pelo período do acordo, que poderá ser prorrogado.

O documento foi assinado pelo secretário de Agricultura e Abastecimento, Duarte Nogueira, e pelo presidente da ABIMAQ (Associação Brasileira da Industrial de Máquinas e equipamentos), Newton de Mello. O compromisso firmado estabelece um cronograma de obras para o melhoramento da infra-estrutura do local. Transcorrido o prazo de cinco anos, as obras passam a integrar o patrimônio do Estado.

“Antes, a autorização para a realização da feira na área era concedida anualmente e a ausência de um acordo para a cessão por um período mais longo inviabilizava a realização de obras por parte da organização da feira”, afirma o secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Duarte Nogueira, que já havia assinado, no ano passado, um protocolo de cooperação técnica que sinalizava para esse convênio.

Pelo convênio, a organização da feira se compromete, no primeiro ano, a ampliar a sede do Pólo Regional de Desenvolvimento Tecnológico dos Agronegócios, modernizar a rede de informática e melhorias na infra-estrutura da feira. Para esta edição, está sendo finalizada a construção de cinco banheiros de alvenaria e o melhoramento nas vias de circulação no interior da feira.

No segundo ano, será construído um auditório para 100 pessoas e no terceiro, um laboratório para grãos. No quarto ano de vigência do convênio, a organização da feira se compromete a construir um laboratório de sanidade animal e ampliar o alojamento do pólo regional no último ano. Também caberá à organização do evento a aquisição de veículos para uso do pólo regional, construção de alambrados e serviços de segurança e vigilância no local.

Nesse período, a secretaria irá investir R$ 60 mil anualmente durante o período do contrato, referentes a despesas com funcionários e transporte. A área objeto da cessão de uso é de 178 hectares e faz parte dos 821 hectares do Pólo Regional. Outros 300 hectares são utilizados pelo Centro Apta Cana, inaugurado no último dia 28 de março.

Assessoria de Comunicação do Governo do Estado de São Paulo

Notícias por Ano